Corpos Celestes: novo filme de Marcos Jorge estreia sexta em Porto Alegre

16 de março de 2011

Depois de conquistar público e crítica com o premiado longa Estômago, estreia nesta sexta-feira, dia 18, em Porto Alegre, o novo filme do diretor Marcos Jorge, Corpos Celestes. O trabalho, em parceria com o diretor Fernando Severo, leva às telonas temas pouco vistos no cinema: astronomia e cosmologia. O enredo usa o universo da ciência, com todo o seu metodismo e precisão, para abordar o conflito entre razão e emoção que pega de surpresa um astrônomo bem sucedido.

O drama conta a história de Francisco (Dalton Vigh), um astrônomo que cresceu aprendendo sobre planetas e constelações, e que deve sua produtiva carreira a um fato de seu passado. Mas vivendo seu presente, o cientista questiona a insignificância do homem e a imensidão do cosmos. Nessa situação, ele é surpreendido pelas próprias emoções e tem que encarar seus maiores mistérios. O astrônomo terá de lidar com seus sentimentos por Diana (Carolina Holanda), uma moça bem diferente dele, muito à vontade com o seu lugar no universo.

O filme tem no elenco também Antar Rohit, Alexandre Nero e o menino Rodrigo Cornelsen, além de outros 18 atores e aproximadamente 500 figurantes. O longa foi gravado em cinco diferentes cidades: Curitiba, São Paulo, Castro, Piraquara e Araucária, em mais de 20 diferentes locações.

A primeira exibição de Corpos Celestes aconteceu no 37° Festival de Cinema de Gramado, onde o filme recebeu o prêmio de Melhor Fotografia. Além disso, foi exibido no 40th International Film Festival of Goa, na Índia, e no 5° Festival de Cinema de Goiânia, onde recebeu os prêmios de Melhor Trilha Sonora, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Ator Revelação. No 4° Festival da Lapa, em 2010, Corpos Celestes recebeu o prêmio de Melhor Figurino. Foi um dos 15 filmes brasileiros incluídos na seleção “Brasil: el cine del siglo XXI” realizada por José Carlos Avellar e Gianni Ottone na 55ª Semana Internacional de Cine de Valladolid, na Espanha, em outubro de 2010. Em novembro, o filme recebeu também os prêmios de Melhor Direção e Melhor Roteiro no 5° Festival de Cinema dos Sertões.

Produzido pela Zencrane Filmes e com distribuição nacional da Panda Filmes, Corpos Celestes foi filmado em 2006, a partir de prêmio de produção de filmes do Governo do Paraná. O longa, contudo, só pode ser finalizado em 2009/2010, depois de vencer os editais de finalização e difusão do BNDES e da Petrobras. Mais informações em www.corposcelestes.com.br.

Panda Filmes lança quatro produções em 2018 e avança no mercado cinematográfico

14 de outubro de 2018

Novidades

Fundada em 2002 em Porto Alegre, a Panda Filmes, que já teve mais de 20 títulos lançados, comemora os resultados […]

A Superfície da Sombra, de Paulo Nascimento, entra em cartaz no interior do RS nesse sábado (9)

6 de junho de 2018

Novidades

Primeira produção brasileira totalmente falada em portunhol, A Superfície da Sombra, de Paulo Nascimento, entra em cartaz  no interior do RS nesse […]

Coprodução da Panda Filmes, Comboio de Sal e Açúcar, estreia 7 de junho nos cinemas

3 de junho de 2018

Estreias

Moçambique, em plena guerra civil, um comboio que liga Nampula ao Malawi é a única esperança para centenas de pessoas […]

Copyright 2015 - Panda Filmes - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por BigHouseWeb